Notícias

Pai Natal dos CTT Responde aos Alunos

2020-01-09
Pai Natal dos CTT Responde aos Alunos

A exemplo de 200 mil crianças de todo o país, os alunos do CER aproveitaram a época mais festiva do ano para enviar uma carta ao Pai Natal dos CTT, atividade que decorreu no passado dia 2 de dezembro, no âmbito do Calendário do Advento.

 

A exemplo de 200 mil crianças de todo o país, os alunos do CER aproveitaram a época mais festiva do ano para enviar uma carta ao Pai Natal dos CTT, atividade que decorreu no passado dia 2 de dezembro, no âmbito do Calendário do Advento.

 

Para quem não sabe, esclareça-se que os CTT mobilizam, desde 1985, uma equipa especial que se dedica a tempo inteiro para garantir que todas as crianças (e alguns graúdos) recebam uma resposta, com objetivo de manter o sonho do Natal bem vivo.

 

Hoje, foi a vez dos nossos alunos receberem as suas cartas, nas quais se pode ler:

 

"Ho! Ho! Ho!

Que Natal maravilhoso!

Cheio de amor e felicidade pelo mundo inteiro.

Com muitas coisas boas para partilhar com as pessoas à tua volta! Mas para podermos partilhar coisas boas temos de cuidar do meio ambiente!

E para deixar o meio ambiente feliz, temos de falar de sustentabilidade!

 

E tu, sabes como podes ajudar a cuidar do meio ambiente? Eu acho que sim!

Tenho a certeza que poupas água, fechando a torneira quando já não a estás a usar, fazes a reciclagem e desligas as luzes quando já não precisas.

 

Como te portaste bem durante o ano mereces todos os presentes que pediste. Ho! Ho! Ho!

A começar pelo meu! Envio-te um conjunto de atividades divertidas, para que nunca te esqueças como ajudar a preservares o ambiente!

 

Ho! Ho! Ho!

Recebe um abraço meu, do Rodolfo e das sete renas que me ajudam todos os anos!

Vai escrevendo aqui parta a Lapónia, que eu respondo-te sempre!

 

Do teu,

Pai Natal"

 

Juntamente com a carta, foi enviado um presente simbólico baseado na arte do origami. E os alunos não descansaram enquanto não colocaram “mãos à obra” para solucionar as planificações do cão, do cisne e do pinheiro.

 

Fotografias:

 

        


Voltar »