Notícias

Vamos Pôr a Alimentação Saudável ON em Casa

2020-03-31
Vamos Pôr a Alimentação Saudável ON em Casa

A Direção-Geral da Saúde lançou, esta segunda-feira, um manual para ajudar os pais a alimentarem de forma saudável as crianças nestes tempos de Covid-2019.

 

A Direção-Geral da Saúde lançou, esta segunda-feira, um manual para ajudar os pais a alimentarem de forma saudável as crianças nestes tempos de Covid-2019.

 

O manual - intitulado "Vamos Pôr A Alimentação Saudável ON Em Casa" - foi elaborado pelo Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, para que as crianças possam fazer uma alimentação saudável e equilibrada enquanto estão em quarentena, uma vez que este é um momento em pode ser registada uma maior tendência para que as pessoas engordem.

 

À imprensa, a diretora do programa, Maria João Gregório, explica que esta iniciativa pode ser vista como uma oportunidade para o futuro e que a maior quantidade de tempo passada em casa pode ser uma oportunidade para que as famílias possam desenvolver "atividades que envolvam a preparação e o planeamento da alimentação".

 

Manter o "consumo adequado de fruta e hortícolas" é uma das recomendações mais importantes para este período de quarentena. Como?

 

"Podemos, por exemplo, oferecer às nossas crianças uma peça de fruta ao pequeno-almoço ou num dos lanches ao longo do dia. Nas refeições principais devemos oferecer sempre sopa de legumes para começar e sempre, também, uma peça de fruta", sublinha Maria João Gregório.

 

Se a alimentação equilibrada e saudável é uma boa base para prevenir problemas relacionados com a nutrição e forma física durante a quarentena, também o exercício físico não deve ser esquecido.

 

"Nesta fase é muito importante ter atenção e manter alguma atividade física", reduzindo comportamentos sedentários. "Passamos muito tempo sentados, agora que estamos em casa", explica.

 

O manual publicado pela DGS e pelo Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável inclui, além de informações, desafios, atividades destacáveis e receitas e pode ser consultado aqui. A versão online inclui ainda links para outros materiais de aconselhamento alimentar produzidos pelos mesmos órgãos.


Voltar »